5 de Março, 2024

“Ministério da Educação cearense” transformará sistema pedagógico brasileiro, avalia Fátima Holanda

Fátima Holanda: “Então se a criança sai na sua idade de seis anos sendo alfabetizada, consolidando efetivamente suas habilidades e competências na leitura e na escrita, há uma propositiva muito grande das séries seguintes terem um bom êxito e um bom resultado.”

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

A composição do Ministério da Educação recheada de cearenses em especial na dupla Izolda e Camilo é uma junção que segundo a Secretária de Educação de Limoeiro do Norte, Fátima Holanda, trará um retorno educacional para o país no sentido de expandir o sucesso pedagógico executado no Ceará.   

“E vendo agora a proposta do Camilo como Ministro da Educação, ele tem dois pontos que é muito importante que vem a fortalecer a educação pública, é o reconhecimento do PAIC, porque vai contribuir na base da nossa sociedade que é a criança. Então se a criança sai na sua idade de seis anos sendo alfabetizada, consolidando efetivamente suas habilidades e competências na leitura e na escrita, há uma propositiva muito grande das séries seguintes terem um bom êxito e um bom resultado. E outro eixo é o fortalecimento e a universalização do ensino em tempo integral. Tempo integral é o caminho realmente para o êxito e o sucesso para nossa educação, porque nós teremos condições de favorecer não somente a aprendizagem de nossas crianças, mas a questão humana e o critério sócio – emocional”, considera a gestora em entrevista concedida para o programa Uirapuru Notícias, sob apresentação de Wellington Freitas.

Na ocasião, Fátima afirmou que já na próxima semana, a pasta começará uma jornada pedagógica acerca do programa nas unidades de ensino de Limoeiro do Norte, 100% integral nas turmas de nono ano. E segundo a Secretária, a princípio, serão trabalhadas como plano piloto em sete escolas para posteriormente alcançar todas as 23 unidades de ensino. É uma proposta inovadora que segundo a gestora faz que a cidade tome à frente na implantação deste projeto na região do Vale do Jaguaribe, e ela salienta que no município haverá dois polos de orientação localizados no Centro da cidade, a Escola Padre Joaquim de Menezes e Escola Evaldo Holanda.

De acordo com a Secretária, nos próximos dias todas as escolas públicas da rede de ensino de Limoeiro do Norte estarão recebendo 31 notebooks, e 31 impressoras para auxiliar o corpo pedagógico nas atividades letivas. Além disso, Fátima aponta que 12 unidades de ensino de Limoeiro estão passando por reformas, e neste ano, está em processo de licitação a ampliação, em termos de sala de aula, de duas grandes escolas em bairros onde demandam muita procura por matrícula no município: os colégios José Hamilton de Oliveira e Evaldo Holanda.

“Em Limoeiro do Norte está ocorrendo uma evolução muito grande de alunos oriundos das escolas particulares para as escolas públicas, e consequentemente nossas escolas estão se tornando pequenas pra atender esta demanda”, menciona Fátima.