22 de Abril, 2024

Capacitação no gênero jurídico feminino voltada para vereadoras é realizada na Assembleia

Raquel Andrade: o evento busca estimular a expansão do serviço em todo o estado

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Aguardando imagem patrocinada

Uma capacitação com objetivo de clarear a função da Procuradoria Especial da Mulher do Ceará (PEM) visa atender às vereadoras e procuradoras especiais da mulher de todos os municípios do estado, para orientar quanto a atuação do órgão na jurisdição pertinente.

O evento vai acontecer amanhã na sede da instituição, em Fortaleza, a partir das 9h. O órgão que é vinculado a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece) já conta atualmente com 80 inscritas, entre procuradoras, vereadoras e servidoras de mais de 50 municípios alencarinos.

Equipamentos em funcionamento ou na fase de implementação, a Procuradoria Especial da Mulher já atua em mais de 100 municípios cearenses, e segunda a coordenadora do órgão, Raquel Andrade, a meta é fazer a implantação da PEM em todos os municípios do estado até o fim de 2023. “E é no sentido de orientar e estimular a expansão desse serviço em todo o Ceará que convidamos para esse encontro especial não só as representantes de municípios que já têm procuradoria, mas também aquelas que desejam implementá-las”, explica a coordenadora.

Raquel é advogada e mestranda em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), e segundo ela, que também é palestrante do evento, durante o ciclo de palestras se apresentará as competências da instituição jurídica, “e sugerir fluxos de atendimento, de forma a dar uma direção à atuação das procuradorias de cada município, assim como tentar viabilizar uma articulação regional entre as procuradorias para otimizar o atendimento, a captação de dados, de forma a tornar os nossos resultados mais efetivos”, avalia Andrade.

Aguardando imagem patrocinada