5 de Março, 2024

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

O Ceará concluiu 2022 com um saldo positivo de 67.011 empregos celetistas. Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (31), pelo Ministério da Economia, revelam que o saldo positivo foi resultado da diferença entre 541.061 admissões e 474.050 demissões realizadas durante o período.

O comportamento foi proveniente da expansão do emprego principalmente no setor de serviços, que respondeu pela geração de 41.658 novos postos de trabalho. Embora em menor proporção, também registraram saldos positivos os setores do comércio (9.577), construção civil (8.444) e indústria (7.479). O único setor a apresentar uma redução no ano foi agropecuária (-147). No ano, o Ceará atingiu o total de 1.258.716 empregos com carteira assinada, em dezembro.

“Além de manter a expansão dos empregos com carteira assinada, o Ceará permaneceu entre os três melhores saldos do Nordeste, atrás somente da Bahia (120.446) e de Pernambuco (68.912)”, analisa o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Vladyson Viana.