20 de Junho, 2024

Preço médio da gasolina aumenta 3% nos postos, aponta ANP

PE - GASOLINA/RECIFE - GERAL - Postos já anunciam novos aumentos para a gasolina, e os motivos podem ser o reflexo do conflito Rússia e Ucrânia. Imagens de um posto no centro do Recife 25/02/2022 - Foto: JOãO CARLOS MAZELLA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Aguardando imagem patrocinada

Um levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) apontou um crescimento de 3% no preço médio da gasolina nos postos brasileiros. Com a alta, o combustível chegou a R% 5,12 por litro. O aumento é um reflexo do reajuste de 7,4% anunciado pela Petrobras no dia 24 de janeiro. A gasolina mais cara do Brasil foi registrada em Itatiba, interior de São Paulo, onde é vendida a R$ 8,19 por litro. Em Lorena, também no interior paulista, foi detectada o preço mais baixo: R$ 4,12 por litro. Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), o preço médio do combustível nas refinarias está 6% acima da paridade de importação, o que significa R$ 0,18 por litro.

O preço do diesel permaneceu estável nesta semana, em R$ 6,39 por litro, segundo a ANP. A diferença é de apenas R$ 0,01 acima do valor registrado na semana passada. Ele vinha em queda há três semanas. Quem também se manteve estável foi o gás de cozinha. O preço é de R$ 108,20 por botijão de 13 quilos. Ainda de acordo com a ANP, houve um aumento de 1% no etanol, que é vendido por R$ 3,82 por litro.

Jovem Pan

Aguardando imagem patrocinada