20 de Junho, 2024

Robinson de Castro assina carta de renúncia e deixará a presidência do Ceará

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Aguardando imagem patrocinada

O atual presidente do Ceará, Robinson de Castro, não seguirá no cargo. O dirigente assinou a carta de renúncia à presidência do clube e a saída deverá ser oficializada nos próximos dias.

A apresentação da renúncia deve acontecer nesta quinta-feira (9), quando o Conselho Deliberativo do Ceará se reunirá para aclamação da chapa única formada para o comando do clube.

Anteriormente, Robinson já havia comunicado que iria renunciar ao cargo após resolver últimas pendências. Assim, o vice-presidente, Carlos Moraes, assume o posto por 90 dias até convocar novas eleições para a Diretoria Executiva.Robinson de CastroRobinson de Castro está à frente da presidência do Ceará desde 2016, após a gestão de Evandro Leitão. Em dezembro de 2021, foi reeleito para o período entre 2022 e 2024.Nos anos de 2008 e 2009, ele foi 2º vice-presidente do clube. De 2010 a 2015, ao lado de Evandro Leitão, foi 1º vice-presidente, assumindo funções também, em 2011, de diretor de futebol. No fim de 2015, foi eleito presidente.Com Robinson de Castro na Executiva do Alvinegro, o Ceará conquistou os Campeonatos Cearenses de 2011, 2012, 2013, 2014, 2017, 2018 e as Copas do Nordeste, de forma invicta de 2015 e 2020, os acessos à Série A nos anos de 2009 e 2017, e o título do Campeonato Brasileiro de Aspirantes em 2020.Na gestão do presidente, o Ceará obteve a melhor campanha do clube na história dos pontos corridos do Brasileirão. Mas, em 2022, o clube amargou o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro e eliminações seguidas no Campeonato Cearense e na Copa do Nordeste.

GC MMAIS

Aguardando imagem patrocinada