5 de Março, 2024

Jaguar Esporte Clube: a revolução desportiva no Vale do Jaguaribe

Polo Fortim

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

A epopeia que brotou para a formalização de políticas públicas programáticas no aspecto de fomentar a inclusão social através do esporte está se expandindo para a região do Vale do Jaguaribe, é que desde abril de 2018, um projeto sócio esportivo do Instituto Vale do Jaguaribe – IVJ, denominado Jaguar Esporte Clube, contando com apoio logístico do Centro Universitário do Vale do Jaguaribe (Unijaguaribe) está se propagando na região.  

O núcleo inicial começou na própria universidade e depois foi remanejado para Fortim, o primeiro polo, e atualmente o projeto já contabiliza mais de 150 integrantes nas categorias sub 09; sub 11; sub 13 e sub 15, em unidades nas localidades de Parajuru, Fortim e Canoa Quebrada. Em breve, um novo polo está sendo planejado para o município de Jaguaruana.

A Unijaguaribe fornece toda a estrutura em disponibilizar o corpo acadêmico para acompanhar as crianças e adolescentes nas modalidades futsal e futebol society, nas áreas de fisioterapia, nutrição, enfermagem, psicologia, educação física, pedagogia, letras e serviço social.

De acordo com o coordenador do projeto, Lucas Romério, o Jaguar Esporte Clube é uma proposta que está transformando trajetória de vidas na região, e ele mesmo é resultado deste processo, “pois iniciei ainda como estudante de educação física pela Unijaguaribe e fui um dos dois monitores acadêmicos de futebol que deu início as atividades lá no início no dia 04 de abril, e hoje atualmente sou coordenador do projeto”, celebra Romério.

Lucas afirma que uma das metas é implementar a sistemática multidisciplinar esportiva em todas as cidades do Vale do Jaguaribe e também do Litoral Leste. Não há limites de vagas por categorias, caso haja interesse, o responsável procura a sede de uma das unidades no município para inscrever seu filho, a prioridade é para pessoas em situação de vulnerabilidade social. No final da matéria o cronograma para inscrição.

Exemplo dessa configuração na prática foi o que ocorreu com o garoto Davi Gomes Ferreira, 13 anos, filho do sondador de petróleo, José Ferreira da Silva, de 50. O pai conheceu a proposta através de um amigo em Aracati e resolveu inscrever o menino. Tempos depois, sabendo que existia também em Fortim, resolveu transferir para aquele polo. Hoje ambos estão muito felizes com as atividades do programa. José Ferreira tem muita confiança no filho, ela considera que tanto o atleta pode ter um futuro no futebol como também nos estudos, pois suas notas são excelentes, “ele treina futebol e não deixa que o futebol o prejudique nos estudos”, ressalta o pai orgulhoso.

Serviço:

Polo Fortim – telefone: 88 9945-4113

Polo Canoa Quebrada – telefone: (88) 9683-0620

Polo Parajuru – telefone: (85) 9942-2430