23 de Fevereiro, 2024

Hospital universitário da Uece com 93% de obras concluídas  

Foto: Governo do Estado do Ceará

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Está sendo construído na sede da Universidade Estadual do Ceará (UECE), em Fortaleza, um novo hospital para atender a demanda de pacientes. Hoje (06/03), o governador Elmano de Freitas fez uma vistoria ao novo Hospital Universitário do Ceará (Huce).

Com cerca de 93% de obras concluídas, a construção deverá ser finalizada no segundo semestre deste ano e ampliará a oferta de serviço de saúde à população cearense, além de fomentar a formação de novos profissionais para a área.

“Estou muito satisfeito de ver o andamento da obra, com percentual bem elevado. Estamos acompanhando e seguros de que, em breve, o povo cearense receberá esse grande Hospital Universitário. Nossa missão é garantir que esta obra seja concluída e entregue ao povo do Ceará. Em breve, vamos poder colher os frutos desse trabalho”, destacou Elmano de Freitas, que também agradeceu aos ex-governadores Camilo Santana e Izolda Cela pela parcela de contribuição na construção da unidade de saúde. O novo Hospital contará com cerca de 650 leitos, as especialidades vão desde atendimento clínico a unidades de Terapia Intensiva (UTI). 

O equipamento possuirá três pilares principais: clínica, cirúrgica e materno-infantil. Ocupando uma área de cerca de 78 mil metros quadrados (m²) no campus do Itaperi, Uece. O investimento na obra gira em torno de R$ 320,5 milhões. Conforme a supervisão da Superintendência de Obras Públicas (SOP), atualmente cerca de 1.070 trabalhadores atuam na conclusão do empreendimento.

A unidade será uma das maiores do Norte e Nordeste brasileiro, se tornando um hospital terciário e de alta complexidade. A secretária da Saúde do Ceará, Tânia Mara Coelho, enfatizou que o equipamento trará para o estado especialidades médicas para a população. “Esse hospital será referência em Obstetrícia, Pediatria, Cirurgia Cardíaca-Pediátrica, Oncologia e outros perfis também. Serão três blocos e mais de 600 leitos”, apontou Tânia.

O equipamento também se destacará na formação de novos profissionais no aspecto de estar vinculado à estrutura de ensino e pesquisa da Uece, recebendo inúmeros estudantes oriundos dos cursos de graduação e pós-graduação do Centro de Ciência da Saúde da Universidade, para assim aprimorar a experiência teórica, na prática e vivência hospitalar.