23 de Fevereiro, 2024

Consulta de valores a receber é liberada nesta terça-feira (7); veja como fazer

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Quem tem valor esquecido em bancos ou outras instituições financeiras pode consultar a partir desta terça-feira (7), qual é a quantia disponível.De acordo com o Banco Central, cerca de 643 mil pessoas têm mais de R$ 1.000 a sacar de “dinheiro esquecido”.

A primeira etapa da plataforma Sistema Valores a Receber (SVR) foi liberada em 28 de fevereiro, e permitia, com a utilização de um CPF ou CNPJ, consultar apenas existência ou não de “dinheiro esquecido”, sem informar o valor.Para fazer a consulta é necessário informar a data de nascimento ou a data de criação da empresa, no caso de CNPJs.Caso o solicitante tenha alguma quantia a receber, uma mensagem aparecerá na tela informando que o CPF ou o CNPJ e deve aguardar a data indicada para realizar os próximos passos e receber o montante.

Já em casos negativos, a mensagem que aparecerá comunicará que o CPF ou CNPJ digitado não tem nenhum valor esquecido a ser transferido.

Como consultar os valoresAssim que o Banco Central disponibilizar as informações completas no Sistema de Valores a Receber (SVR), o usuário deverá fazer a consulta novamente pelo link e, depois, clicar no botão “acessar o SVR”.Caso não tenha fila de espera, o usuário será transferido para a página de login do site gov.br. É necessário que o cidadão tenha uma conta no site do governo e que ela seja de nível prata ou ouro.Após acessar o site e entrar na conta, o usuário terá 30 minutos para verificar as informações sobre o recebimento, a instituição que fará o pagamento e a conta escolhida para receber o montante.É importante ressaltar que o único site em que é possível consultar e saber como solicitar a devolução dos valores da pessoa física, empresa ou de pessoas falecidas é o https://www.bcb.gov.br/meubc/valores-a-receber. O Banco Central não envia links para o cidadão, mensagens ou qualquer outra forma de contato para avisar que existe algum dinheiro esquecido em conta. Além disso, a consulta e a operação para receber os valores é gratuita, não cabendo ao BC cobrar pela verificação e a nenhuma instituição a cobrança pela transferência.

CNN