20 de Junho, 2024

Judoca cearense é promessa no Campeonato Brasileiro

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Aguardando imagem patrocinada

  • matéria do estagiário Victor Campos

Os esportes em geral ajudam muitas crianças e jovens a saírem da zona de perigo, e algumas delas por aptidões pessoais conseguem galgar sucesso na modalidade e se tornar atleta de alto rendimento.

No Ceará, é o caso da judoca Ana Kamilly Maia da Silva, de 17 anos, que competirá na categoria sub 21 do Campeonato Brasileiro da modalidade, que acontecerá em abril deste ano em Natal (RN). Ana Kamilly reconhece que o judô mudou sua vida.   

“O judô abriu muitas portas, tive chance de conhecer muitos estados brasileiros e me deu chances de conhecer um país que sempre sonhei em conhecer, o México, então, o judô é tudo não minha vida e me fez quem sou hoje, meu Sensei sempre confiou muito em mim e fez eu me tornar a atleta que sou hoje, sou muito grata a ele e ao judô”, declara.  

A atleta comenta ainda sobre a sua expectativa em participar da competição. “Ultimamente estou muito animada para competir, pelo fato de ser meu primeiro ano como sub 21 e em uma categoria nova, a 48 kg, ano passado eu lutava na categoria 44 kg e para mim é algo muito novo ainda, estou com muito confiante e com muita expectativa para o brasileiro regional”, explica.

O Diretor Técnico da Federação Cearense de Judô, Everson Parente, afirma que para o certame nacional a entidade está em processo de inscrição de atletas. “O estado estará muito bem representado e com boas chances de brigar por medalhas em todas as categorias”, garante o dirigente.  

De acordo com Everson, todos os atletas foram selecionados através de seletiva estadual realizada no dia três de março, na qual foram distribuídas para os competidores cearenses as vagas ofertadas pela Confederação Brasileira de Judô para a referida competição.

O diretor afirma que o Ceará contará com cerca de 147 atletas competindo em todas as categorias. “O judô cearense tem a cada ano apresentado crescimento, sempre tivemos medalhistas em campeonatos brasileiros, seletivas e competições sul – americanas, nosso estado exporta atletas que tem destaque nacional e internacional, logo a expectativa para 2023 é ótima no que diz respeito a resultados nacionais”, prospecta Everson.

Aguardando imagem patrocinada