3 de Março, 2024

Prefeito de Jaguaretama garante galpão da fábrica do ACP Lacte

Galpão cedido pela Prefeitura para implementação do produto

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

O prefeito de Jaguaretama, Glairton Cunha, em reunião ontem (11/04) com a comitiva responsável pela implementação do produto que alia o leite de cabra com água de coco, o ACP Lacte, definiu o espaço que será implantado o projeto, é um galpão com estruturas adiantadas localizado na estrada de acesso, em Jaguaretama.

Na ocasião, o chefe do Executivo Municipal cobrou da delegação que está desenvolvendo as plataformas de ações, um plano de metas a serem alcançadas para assim transformar em Projeto de Lei, na Câmara Municipal. O presidente da casa legislativa de Jaguaretama, Erivaldo Brito, esteve presente e endossou a requisição do Prefeito, e se prontificou a aprovar o projeto na próxima semana, em sessão ordinária.

Além disso, na sede da Secretaria de Educação de Jaguaretama foi realizado um seminário com a participação do grupo gestor onde foram apresentadas as etapas a serem estabelecidas com intuito de alcançar um planejamento gradual e analítico do ACP Lacte.

Uma das pontuações abordadas durante as explanações é no que consiste a origem dos recursos para investimentos. O presidente da ACPLACTE, José Ferreira Nunes, disse que já foram negociados, via Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o montante de R$ 5 milhões.

Além disso, a vereadora Ana Kelly Queiroz ressaltou que o produto pode ser incluído na merenda escolar do município através de suplemento nutricional, em recursos do orçamento municipal, dos 30% já destinados a agricultura familiar.       

O agente de desenvolvimento do Banco de Nordeste, Danúzio Diógenes, afirmou que recebeu o convite por parte da Prefeitura de Jaguaretama para participar do seminário, e que o propósito inicial é entender o projeto em si e futuramente pontuar os direcionamentos de como a instituição poderá atuar na conjuntura, até porque segundo Danúzio, serão verbas do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, o FNE.

“A gente entende que é um projeto importante, é um produto inovador e estamos assim para apoiar no que for possível, é um recurso do FNE, do Governo Federal, a gente tem que entender que vai ser desenvolvido esse projeto para a gente vê que melhor forma pode ser atendido. E dentro desse conjunto de parceiros de como vai ser desenvolvido, o Banco vai sim apoiar, vai sim está presente”, relatou o representante do órgão bancário.  

Entes representativos para conjuntura de implantação do projeto