22 de Abril, 2024

Hospital Regional Vale do Jaguaribe monitorado para melhorias sanitárias

Foto: Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)

Descripción de la imagen

Aguardando imagem patrocinada

Aguardando imagem patrocinada

Selo de qualidade e segurança instituído pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com propósito de examinar o grau de credibilidade dos produtos de saúde e cooperar para a melhoria das atividades hospitalares, a Rede Sentinela, o Hospital Regional Vale do Jaguaribe (HRVJ), sediado em Limoeiro do Norte, foi credenciado pela Anvisa para integrar o monitoramento formalizado pela Rede Sentinela. O Hospital Estadual Leonardo da Vinci (Helv), instalado na capital cearense, também ingressou no cenário proposto.

De acordo com a Gerente de Qualidade e Segurança da Helv, Juliana Costa, a inserção do hospital cooptado para análise de causa pela célula sanitária torna a instituição comprometida em captar as informações de cunho qualitativo dos materiais de saúde utilizados.  “Aprimoramos a nossa prática de gerenciamento de risco com os materiais da instituição. Podemos contribuir ainda para estudos de melhoria da utilização desses produtos. Vamos ser vigilantes no uso seguro desses materiais, para confirmar se eles estão realmente atendendo aos critérios que eles dizem atender”, avalia Juliana.

Segundo a assessora técnica de qualidade do HRVJ, Maria Emanuelly Crisóstomo, ela reforça que a mobilização é uma estratégia nacional composta por uma seleção de hospitais cadastrados com objetivo de monitorar, investigar e notificar tecnologias relacionadas ao segmento. Emanuelly destaca que a entidade que faz parte da rede é uma conquista para a gestão de qualidade e a segurança do paciente a critério de cuidado hospitalar. “Estamos muito felizes com essa conquista do HRVJ pela oportunidade de contribuir na construção de um ambiente de troca de experiências e aprimoramento dos processos de trabalho para a gestão do risco junto à nossa referência sanitária nacional”, ressalta Maria.

– Atribuições da Rede Sentinela;

• Promover e divulgar o Sistema de Notificação e Investigação em Vigilância Sanitária (NOTIVISA), com o intuito de consolidar a cultura da notificação;
• Contribuir para o aprimoramento do gerenciamento de risco nos serviços de saúde;
• Desenvolver e apoiar estudos de interesse do Sistema de Saúde Brasileiro;
• Cooperar para atividades de formação de pessoa, educação continuada e produção de conhecimento no âmbito do VIGIPÓS.

Aguardando imagem patrocinada